Fascismo e racismo, democracia e minha posição política

A questão do fascismo e racismo, tão prevalentes em meu entorno – família, cidade, colégio, faculdade, profissão – apareceu aos 13 anos de idade. Passei de ter um desejo de ser coroinha na missa das 11h do domingo na Santa Terezinha, a mais extrema direita das paróquias católicas curitibanas, para ser um agnóstico científico. Acredito … Continue lendo Fascismo e racismo, democracia e minha posição política